Quem sou:

Minha foto

Sou Bacharel em Turismo e Meio Ambiente pela UNESPAR - Universidade Estadual do Paraná/Campus de Campo Mourão. 
Praticante de Artes Marciais desde 2007, graduado Instrutor pela Federação Paranaense de Kung fu Wushu (2011) e Professor em 2012 pela CBKW. 
- Faixa preta, 1º duan pela Confederação Brasileira de Kung fu Wushu. 
- Faixa azul de Jiu-jitsu pela Checkmat e competidor de MMA pela Markine Fight.
- Atualmente sou integrante da Seleção Paranaense e Brasileira de Kung fu Wushu/Sandá 
- Vigilante Patrimonial na empresa Master Vigilância Especializada
- Professor de Boxe Chinês na Academia Markine Fight Centro de Treinamentos Campo Mourão - Paraná.


MEDALHISTA NOS CAMPEONATOS E EVENTOS: 

- Vice-Campeão brasileiro de Sandá (2014), 3º em (2013) e 5º em 2012.
- Campeão estadual (paranaense): (2008, 2009, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016...) Vice (2010). 
- 1 Grand Prix de Boxe Chinês: 1º colocado - ano: 2009
- Copa Paraná: 1º colocação nos anos: 2008, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015... 
- 6º Torneio da Liga Nacional de Sandá - 1º colocado - ano: 2011
- Kung fu Championship: 1º colocado - ano: 2011
- Ct Dragão DN Toledo - 2º colocado 
- Copa Amizade de Jiu-jitsu Umuarama: 3º lugar - ano: 2013
- Kickboxing em Palotina. Jogos abertos - 1º lugar - 2015
- II MSC MMA Sanda Combat - 1º lugar - 2015
- III MSC MMA Sanda Combat - 1º lugar - 2015
- IV MSC MMA Sanda Combat - 1º lugar - 2015
- I° Markine Fight Combat MMA - 1º lugar - 2016
- II Markine Fight Combate MMA - 1º lugar - 2017

Treinadores e ex-treinadores que contribuíram para o meu desenvolvimento nas artes marciais:

Prof Markine Santos - Sandá 
Prof. Daniel Ramos - Jiu-jitsu - Gracie
Prof Ricardo "Didi" Silva - Jiu-jitsu - Gracie
Prof Kayo Borghi - Jiu-jitsu - Checkmat
Prof João Guedes - Jiu-jitsu - Nova União
Prof. Elpidio Koch Junior - Jiu-jitsu - Gracie Barra Paraná

Frase: "Um atalho é sempre a distância mais longa entre dois pontos. Nada é tão fácil quanto parece, nem tão difícil quanto a explicação do manual."

"Assim como o lutador, o guerreiro conhece sua imensa força; e jamais luta com quem não merece a honra do combate.

O lutador que degusta o tempo, se alimenta de vitórias; pois da perseverança é que provém as conquistas”. (Autor desconhecido)

VISITANTES EM TEMPO REAL

Buda

"A lei da mente é implacável. O que você pensa, você cria; O que você sente, você atrai; O que Você acredita, torna-se realidade."
Boa leitura

Vitórias

"Há vitórias que exaltam, outras que corrompem, derrotas que matam, outras que despertam." Antoine de Saint-exupéry
"Gosto da sinceridade das horas que não falamos absolutamente nada. Só assim tudo é dito em absoluto." (CLARICE FREIRE)

Se sentindo romântico

"Mesmo que o tempo me leve a lugares distantes e me faça esquecer parte da minha vida. Haverá sempre lembranças de você. Prometi guarda-la em minha alma e não no meu coração, porque um dia meu coração deixará de bater, mas minha alma jamais deixará de existir..."

Turismólogo

Turismólogo
Este profissional pode assumir o papel de empreendedor, gestor e administrador, integrando todas as atividades do setor de turismo. Poderá atuar ainda em empreendimentos de turismo, na organização e administração de empresas e empreendimentos turísticos, no planejamento e execução de projetos de turismo regional, nacional e internacional, na programação e organização de atividades de lazer, na docência de cursos profissionalizantes de Turismo, na identificação e avaliação de potencial turístico. No decorrer do curso são desenvolvidos programas de qualidade voltados para o turismo, visando à satisfação do consumidor, à preservação do meio ambiente, à qualidade de vida das populações regionais, ao desenvolvimento sustentável, à formação de mão-de-obra qualificada. O profissional pode atuar em setores de empresas públicas ou privadas, relacionados ao turismo e meio ambiente, empresas de turismo e meio ambiente, escolas, universidades. (UNESPAR/CAMPUS CAMPO MOURÃO, 2014)

sexta-feira, 25 de julho de 2014

DONA REGINA E "SEU" EDMILSON


"Algumas mães são carinhosas e outras são repreensivas, mas isto é amor do mesmo modo, e a maioria das mães beija e repreende ao mesmo tempo." Te amo minha linda!!!!

Seu aniversário em 2014

Minha lindona!!!!!!!!!!! Te amo

A visitando em seu aniversario. Essa imagem vale mais que mil palavras... Te amo!
"Quando um homem descobre que seu pai tinha razão, geralmente já tem um filho que o acha errado." Meu finado papai..
Meu finado pai. Essa foto foi tirada em Cuiabá - MT

Os senhores sempre serão meus alicerces!!!! Os tenho em meu coração!

A mãe me vestia com as calças e bermudas para cima do umbigo e os botões das camisas eram todos fechados! Ia para a escola com botina e bermuda e com os cadernos e livros todos bem encapados com sacola de arroz! Ela cortava meus "antigos" cabelos, pois eles cairam, acho que de desgosto kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk........ Mas devo dizer: FORAM OS MELHORES DIAS QUE TIVE!!! É com alegria que recordo desses momentos. Com: Edvaldo Luis Fernandes e Everaldo Luiz Fernandes.


RESENHAS: ECOTURISMO EM CAZUMBÁ - AC E TURISMO EM ÁREAS PROTEGIDAS E INCLUSÃO SOCIAL EM GUARAQUEÇABA - PR

Resenhas dos artigos: Ecoturismo: encontros e desencontros na Reserva Extrativista do Cazumbá-Iracema (AC) - Ecotourism: agreements and disagreements in Extractive Reserve Cazumbá-Iracema (AC, Brazil) das autoras: Edilaine Albertino de Moraes e Marta de Azevedo Irving. Também, do artigo: Turismo em áreas protegidas e inclusão social de populações tradicionais: um estudo de caso da Cooperativa de Ecoturismo de Guaraqueçaba (PR) dos autores: Wanderley Jorge da Silveira-Junior e Eloise Silveira Botelho. 
Fonte: www.ecoviagens.uol.com.br


Pode-se verificar que nos dois artigos abordam semelhantemente a questão da preservação ambiental e da inclusão dos moradores, nas ações do ecoturismo entorno das comunidades locais. São tratadas as vantagens e desvantagens do turismo, em áreas que devem ser utilizadas com certaS cautelaS, para evitarem assim uma possível degradação ambiental. 

Seguindo esta perspectiva do aquecimento econômico por meio do Ecoturismo, diversos estudiosos destacam um aumento progressivo de turistas, cada vez mais interessados em conhecer destinos ligados à natureza, logo, aumenta a tendência de empresas turísticas a se mobilizarem, criando pacotes para usufrui desse negócio. 

Desta forma, os destinos turísticos associados à natureza, qualificados pelo "eco", passam a representar uma oportunidade em termos de diferencial competitivo de mercado. Sendo assim, a preservação do meio ambiente é algo que beneficia o turismo, pois esses visitantes desejam conhecer essas áreas, logo, um necessita do outro, ou seja, Turista x Agências x Preservação x Economia x Preservação x Turistas.

No entanto, outros pesquisadores acreditam que o turismo pode ser prejudicial à região. Conforme cita no artigo: "tendo em vista os possíveis impactos decorrentes da exploração de mão de obra e da base de recursos naturais e culturais, estes entendidos apenas como atrativos". (MORAES; IRVING, 2013). Acredito que de certa forma o Turismo prejudica a questão cultural (Aculturação) das comunidades visitadas, pois existem trocas de valores, a partir do momento em que a comunidade se depara com pessoas que possuem anseios e perfis completamente diferentes aos corriqueiros. Porém, quanto a questão ambiental, o ecoturismo pode sim auxiliar na preservação, porque o meio natural é a ferramenta utilizada para atrair o publico.

Existem muitos especialistas com concepções semelhantes ao citado no parágrafo anterior. Pois, percebem que o ecoturismo é uma possível alternativa para a proteção da biodiversidade. Sobretudo, no quesito contribuição e valorização da importância da natureza para a sociedade.

É no sentido de contribuir para esta reflexão, que os artigos têm como foco a interpretação do ecoturismo sob a ótica local. Eles também buscam interpretar as percepções dos atores locais e interlocutores institucionais sobre o ecoturismo como alternativa para o desenvolvimento local. "Mas até que ponto o turismo é, de fato, uma alternativa capaz de compatibilizar os interesses e necessidades de desenvolvimento econômico, social e cultural? Como essas iniciativas têm se desenvolvido? Quais as dificuldades que têm encontrado para a inclusão social dessas comunidades no processo?" Essas foram algumas das indagações utilizadas pelos autores Wanderley Jorge da Silveira-Junior e Eloise Silveira Botelho. 

Os resultados obtidos destas questões se dão através de metodologias aplicadas diretamente na comunidade, ou seja, com os atores envolvidos. Segundo relatado, a criação de uma cooperativa para auxiliar a inclusão social, econômico e cultural é algo que pode fomentar consideravelmente o turismo daquela região. Pois, permitirá que os Caiçaras diversifiquem a economia, gerando renda para a comunidade em geral, porém, como citado anteriormente, ainda existem questões que devem ser avaliadas, como por exemplo, a fragilidade no desenvolvimento desse turismo local.

Silveira-Junior e Botelho (2011) citam: "A população tradicional, que tem seu modo de vida baseado na cultura caiçara, guarda uma relação ainda intrínseca com a natureza, dividindo suas atividades entre o mar (pesca) e a terra (agricultura)." Pode-se observar que a vida simples cotidiana dessas pessoas, o convívio direto com a natureza é o que move a admiração dos turistas. Então, deve ser preservado. 

No entanto, conforme os mesmo autores relatam, devido aos conflitos fundiários, iniciados na década de 1960, a criação e a efetivação das áreas protegidas com a especulação imobiliária decorrente do turismo, essa população vem sofrendo restrições de uso do território e, até mesmo, tem findado suas atividades tradicionais, com significativas mudanças no patrimônio natural e cultural. Logo, o que era para ser benéfico para a comunidade, torna-se negativo. O turismo é um setor do mercado econômico que se expandiu rapidamente, sendo apontado como um gerador de divisas para países, um instrumento capaz de causar impactos positivos nas regiões visitadas. Entretanto, num plano global, do modo como vem sendo desenvolvido – baseado no lucro imediato, na grande escala, e na homogeneização de paisagens – vários impactos negativos são gerados como consequência do "turismo global", o que coloca em risco a sustentabilidade social, econômica, cultural e ambiental dos destinos turísticos. (SILVEIRA-JUNIOR; BOTELHO, 2013)

Com enfoque na questão do Ecoturismo, a proposta do mesmo é a contemplação das áreas naturais, ou seja, conservação da natureza. Não podendo deixar de lado a conscientização da importância da preservação ambiental. O conceito de Ecoturismo se deu em meados dos anos 80, logo, foi tratado a pouco mais de trinta anos, porém, elevancou mundialmente a valorização do meio ambiente para a Humanidade.

Os artigos citaram projetos que teoricamente auxiliarão na diversificação dos meios de trabalhos em regiões antes não tão valorizadas. Algumas problemáticas que o artigo "Turismo em áreas protegidas e inclusão social de populações tradicionais: um estudo de caso da Cooperativa de Ecoturismo de Guaraqueçaba trás: qual a capacidade da cooperativa se sustentar, caso as ONGs se retirem do projeto que a mesma apóia,
Fonte: ecoviagens.uol.com.br
quais medidas podem agregar nas adesões nos sentidos de fortalecimento do turismo local e qual a proporção alcançará a inclusão dos Caiçaras em sua totalidade. Essas questões serão discutidas com os órgãos competentes, logo, a perspectiva é que a economia local se diversifique e que haja uma maior valorização dessa cultura tradicionalista.

Já o outro artigo trabalhado nessa resenha, tem por título: "Ecoturismo: encontros e desencontros na Reserva Extrativista do Cazumba-Iracema – AC. As problemáticas encontradas foram as de compreender quem realmente será beneficiado com o Ecoturismo na Região, portanto, analisar se os moradores do Núcleo do Cazumbá interpretam a atividade como sendo benéfica para a comunidade. 


Resex Cazumba - Iracema.
Fonte: www.icmbio.gov.br
Outra problemática é a conscientização do uso racional dos recursos naturais renováveis, pois, usufruir desenfreadamente desses recursos, ou seja, sem o devido planejamento, poderá agravar a degradação ambiental que essas localidades sofrem naturalmente. Portanto, deve haver infraestrutura suficientemente adequada para o desenvolvimento turisticos dessas áreas legalmente protegidas.

E por fim, o reconhecimento do valor das peculiaridades regionais como diferencial no atrativo. A partir desse reconhecimento, o uso do patrimônio cultural imaterial dessas comunidades serão o foco para atrair turistas, pois estarão ligadas a questão do patrimônio natural e cultural. Logo, desenvolver maneiras de incentivar a conscientização dos mesmos, ou seja, criar pensamentos ambientalistas. 

Para tanto, a comunidade deve trabalhar juntamente com os projetos desenvolvidos para que haja um bem estar da população com os visitantes. Portanto, deve existir a distribuição dos benefícios obtidos com as atividades turísticas. Os objetivos para com as atividades praticadas, a proteção e a conservação dos recursos naturais, a interpretação da paisagem e o mais importante, a educação ambiental, deve estar claros nas concepções dos atores envolvidos no projeto. Fato, que os artigos remetem a existência dessas características essenciais para o desenvolvimento dos seus projetos.
Fonte: www.institutotapiaim.blogspot.com

Os resultados obtidos nos artigos citados nesse texto, trás que a comunidade reconheceu a importância das atividades turísticas em seus meios, além do fomento do turismo ambiental, colaborando para que diversificasse a economia, como já citado anteriormente. Portanto, os interlocutores da pesquisa também entendem que o ecoturismo é uma potencialidade para o desenvolvimento local com perspectiva a longo prazo. Mas que para tanto, o processo de planejamento e implementação de melhorias na qualidade de vida dos envolvidos, dos patrimônios naturais e culturais devem ser mantidos.

Por: Edilson Luis Fernandes
Formando em Turismo e Meio Ambiente
"Jamais desesperes, mesmo perante as mais sombrias aflições de sua vida, pois das nuvens mais negras cai água límpida e fecunda".(Provérbio Chinês).

"Se você não tem fracassos na sua vida, é porque deixou de assumir os riscos que deveria".
Auto-ajuda

terça-feira, 22 de julho de 2014

CHINESE MARTIAL ARTS - Kiinan Martial Arts


A arte marcial chinesa conquistou o meu respeito, a minha admiração no momento em que passei a conhece-la um pouco mais. A arte marcial prega o respeito ao próximo e a disciplina para com o seu treinamento e saúde. Além é claro, da questão de respeitar a hierarquia dos mais graduados.

segunda-feira, 21 de julho de 2014

CERTIFICADOS DE ATLETAS - சீன தற்காப்பு கலைகள்

Atletas que receberam certificados por seus destaques nos eventos de artes marciais no ano de 2013:


Aldebran Airton Valentim

Alice Aleluia da Luz

Eder Henrique Braz




Gilmar Lima

Janaine dos Santos da Silva

Junior Donizete Tavares

Edilson Luis Fernandes

Macksom Lee dos Santos

Marco Antonio Girardi

Neferton da Silva Martins

Thomas Mores



Da esquerda para direita: Eder Braz, Edilson Luis Fernandes e Fabiano Remor



Associação Markine Kung Fu Sandá - Nessa data: 20 de Julho de 2014 o Mestre Markine Santos assume a presidência da Federação Paranaense de Kung Fu Wushu





COMO DAR PRAZER AS MULHERES

COMO DAR PRAZER AS MULHERES
Coisas simples que dão prazer as mulheres